terça-feira, 25 de setembro de 2012

patê de azeitonas verdes com tofú

Buscando cada vez mais consumir alimentos veganos e saudáveis, resolvi comprar tofú no fim de semana. Fiz duas receitas ótimas e que foram super aprovadas, sim, tofú pode ficar delicioso! E além do mais é um alimento super rico em cálcio, ótimo para prevenir a osteoporose. A esta altura, creio que todo mundo já sabe que aquele leite de caixinha tem praticamente nutriente nenhum, depois de tanto ferver e ferver para durar bastante...Então, se você precisa de cálcio, invista no consumo desse alimento.
Bom, mas vamos a primeira receita, que inventei rapidinho, pra fazer uns sandubas e levar de lanche pro meu trabalho voluntário no fim de semana (feira de adoção de cães e gatos).
Essa receita é ótima para pique-niques e afins, pois você pode rechear o pão de forma com este patê e cortar em triângulos (isso é muito minha infância!).

Ingredientes:

- aproximadamente 350grs de tofú
- 1 vidro de 250grs de azeitonas verdes sem caroço bem escorridas
- aproximadamente 2 colheres de sopa de talos de salsinha
- uma colher de chá de oregano
- três colheres de sopa de azeite de oliva
- pimenta do reino moída a gosto

Obs. sal não é necessário pois a azeitona já é beem salgada!



Bater todos os ingredientes no liquidificador e servir. Dura até 3 dias na geladeira.
Essa quantidade dá para rechear uma pacote inteiro de pão de forma baby (aquele pacote menorzinho).
A outra receita que fiz com tofú, conto em breve ;)

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

geléia de morango

Aproveitando a fartura de morangos desta época, gostaria de sugerir que não deixem de fazer esta geleia que é muito fácil e saborosa. Caso encontre morangos orgânicos, melhor ainda! Você terá uma deliciosa geleia de morangos sem agrotóxico e sem conservantes.

Ingredientes:

- usei uma caixinha de morangos esterilizados e cortados em 4 
- aproximadamente meia xícara de chá de açúcar orgânico
- gotas de limão

Coloque os morangos numa panela, de preferência com fundo grosso, esprema algumas gotas de limão sobre eles, acrescente o açúcar e ligue o fogo baixo. Mexendo sempre, deixe ferver até chegar na textura de geleia. Deixe esfriar e coloque em potinhos de vidro esterilizados com água fervente, para que a geleia dure mais.




Desejo uma doce semana a quem aqui passa ;)


sexta-feira, 21 de setembro de 2012

reutilizando potes de vidro

Num post anterior, disse que costumo reutilizar tudo o que é possível. Acredito que a redução do consumo é o caminho para as coisas melhorarem, tanto para o planeta, como para as pessoas, que, ao meu ver, precisam deixar de lado essa perigosa cultura do descartável. Até porque, dessa forma, coisificamos tudo e tudo passa a ser substituível por algo mais novo e sem "defeitos", ainda que seja só até a página 2. Passado o deslumbre, tudo fica velho e ultrapassado de novo. 
Um dia desses me peguei quase comprando um novo pote para colocar o café. Quando me dei conta de que podia usar um de palmito, como faço com os outros mantimentos, foi que percebi como estamos condicionados a comprar coisas novas sem necessidade.
Assim, fica a dica, para que todos os potes de vidro sejam reutilizados. Os de palmito e conservas grandes, servem para colocar mantimentos, grãos, cereais, ervas de chá e biscoitos. Os de geleia e outras conservas pequenas, servem para acomodar os temperos ou novas geleias que você pode fazer em casa. E é assim que tenho feito lá em casa:





Outras coisas que você pode reutilizar:

Água da máquina de lavar - serve para lavar o quintal, chão da lavanderia ou lavar os panos de chão. A água do enxágue, mais limpa e com cheiro de amaciante, é ótima para ser usada no balde pra passar pano na casa, fica um cheiro delicioso.

Garrafas de suco e passata de tomate de vidro - ótimas para colocar iogurte caseiro, água e chás. Uma sugestão muito legal é fazer um chá com casca do abacaxi e canela em pau e deixar numa garrafa dessas na geladeira, fica delicioso e muito refrescante.

Saquinho de pão de papel - ótimo para escorrer batatas fritas e outras frituras.

Óleo de cozinha usado - para ele só há duas soluções: ou você faz sabão e há dezenas de receitas na internet, ou você leva a um posto de coleta de óleo de cozinha. Jogar na pia, jamais!

Arames do saquinho de pão - aqueles araminhos que fecham o saquinho do pão de fôrma são muito bons pra organizar fios de computador e afins.

Copos de requeijão - os de vidro a gente usa como copo mesmo e, os de plástico, são perfeitos para organizar parafusos e pregos.

Culinária sustentável:

Folhas e talos de couve flor, beterraba, nabo, rabanete, cenouras -  esses ingredientes costumeiramente descartados, podem e devem ser utilizados, pois são uma ótima fonte de vitaminas. Podem ser cozidos, refogados, usados em farofas, arroz e o que mais a imaginação mandar.

Arroz amanhecido - ótimo para fazer tortas e bolinhos de arroz e o que mais a imaginação mandar ;)

Isso sem falar na infinidade de coisas que se pode fazer com cascas de legumes e verduras. O Sesi costuma fornecer cursos e apostilas bem bacanas de como reaproveitar quase tudo na alimentação.

Essas são apenas algumas coisinhas que podem ser reutilizadas. Praticamente tudo pode ser reciclado, remodelado, reutilizado, basta usar a criatividade. E o que não dá para reutilizar de jeito nenhum: reciclagem! Em São Paulo por exemplo, vários bairros já possuem coleta seletiva e Ecopontos. Os Ecopontos recebem lixo reciclável, móveis, entulhos e lixo digital (eletroeletrônicos em geral).

Pilhas, baterias de celular, vidros de perfume, lâmpadas, tudo isso tem destino certo e, se você procurar na internet direitinho, vai encontrar pontos de coleta para quase tudo ;)

Um ótimo final de semana a quem passa por aqui! ;)

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

miss roti (pão indiano)

Na onda das coisas indianas, que gosto cada vez mais, resolvi fazer esta receita de Miss Roti que vi no site Chubby Vegan.
É um pão bem fininho, de fazer na frigideira. Lá em casa, servi bem quentinho com azeite e ficou uma delícia. A única modificação que fiz, foi misturar tudo na massa, ao invés de colocar a cebola e as pimentas em cubinhos na hora de "fritar" o pão. Mas isso foi puro descuido, coisa de quem fez com pressa. Ah! E também sovei a massa na máquina de pão, mais fácil!
Para achar a farinha de grão de bico, pode ser na loja Bombay, ou em algum empório árabe - geralmente eles vendem essa farinha.

Bom, vamos à receita? Ela está super aprovada e vou fazer de novo com certeza!

Ingredientes:

- 2 3/4 xícaras (chá) de farinha de grão de bico (300g)
- 2 xícaras (chá) de farinha de trigo (200g)
- 2 colheres (sopa) não muito cheias de sal (25g)
- 1 colher (chá) de gengibre fresco em brunnoise*
- 2 pimentas dedo de moça sem sementes em brunnoise*
- 1 colher (chá) de semente de cominho
- 1/2 colher (chá) de pimenta chilli em pó
- 1/2 colher (chá) de cúrcuma moída
- 2 colheres (sopa) de óleo vegetal
- 200ml de água
- 1 cebola pérola média em brunnoise*
- Cebolinha bem picada a gosto

Modo de preparo:

1. Coloque as duas farinhas em um bowl médio e misture até ficar uniforme.
2. Misture o sal, gengibre, pimenta fresca, semente de cominho, chilli em pó e cúrcuma moída, adicione aos secos.
3. Faça uma cova e adicione a água e o óleo. Trabalhe com as mãos até conseguir uma massa macia e homogênea.
4. Cubra com um pano úmido e deixe descansar por 15-20 minutos.
5. Divida a massa em 08 partes iguais.
6. Polvilhe bastante farinha de trigo no pão, dos dois lados, retire o excesso e abra um pouco a massa com o auxilio o rolo. Coloque um pouco de cebola e cebolinha no pão e abra até conseguir um disco de 15cm de diâmetro. Repita o processo até acabar a massa.
7. Esquente bem uma frigideira anti aderente e coloque o pão. Quando ele começar a secar, vire-o e doure o outro lado (cerca de 3-4 minutos cada lado).
8. Sirva quente.

Rendimento: 08 porções.
*Brunnoise: cubos de 3mmx3mm.



Essa é a foto do meu pão, mas não deixem de ver a receita original e as fotos e dicas da Nathalia. lá no site Chubby Vegan.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

sobrou arroz? tortinha de arroz integral! (:

Cada vez mais, sou adepta da culinária sustentável. Tudo lá em casa, antes de jogar fora, ou colocar para reciclagem, passa pela questão: não dá para reutilizar mesmo?
Assim, conversando com a Neny, cozinheira de mão cheia que eu adoro, juntando uma idéia aqui e outra ali, fiz esta torta de arroz integral super simples e gostosa.

Para fazer a torta, você vai precisar:

- aproximadamente duas xícaras de arroz cozido
- 1 "falso ovo" de linhaça*
- azeite a gosto
- temperos como salsa picadinha, açafrão, alho e cebola picados bem miúdo, etc.
- 1 colher de sopa de farinha de trigo
- 1/4 de xícara de leite de soja sem sabor
- tomates secos ou azeitonas picadas suficientes para rechear
- gergelim para cobertura

Bater todos os ingredientes no liquidificador ou processador, menos os ingredientes do recheio.
Untar uma forma de bolo inglês com óleo, colocar uma camada da massa, uma camada de recheio e mais uma camada de massa. Salpicar gergelim por cima e levar ao forno médio, pré aquecido, por aproximadamente 25 minutos.



O recheio pode ser aquele que tiver disponível na geladeira. Certo dia, havia um pedaço de provolone e resolvi fazer esta massa recheada com  cubinhos de provolone na forminha de cupcake. Resultou em deliciosos bolinhos de arroz assados recheados com provolone. Pena que nesse dia a câmera estava sem bateria e não deu para esperar carregar.

*Falso ovo de linhaça: 1/4 xícara de água com 2 colheres de sopa rasas de linhaça moída, misturar bem e deixar descansar por aproximadamente 10 minutos.

Obs. se não tiver leite de soja sem sabor, utilize água;