segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

baião de dois vegetariano

Aproveitando a fartura do feijão verde, com o restante do feijão cozido, fiz um baião de dois bem simples mas muito gostoso. Pra ficar melhor ainda, poderia servir com banana da terra grelhada ou frita, ou abóbora japonesa assada (sugestão da Márcia Villaça que cozinha muita coisa boa), cubos de queijo coalho chamuscado na grelha do fogão, couve à mineira, enfim, várias possibilidades.

Uma outra vez, já havia feito o baião de dois, mas eu estava confusa em relação ao feijão. É que me venderam feijão fradinho como se fosse feijão de corda...rs

Desta vez, depois de cozido, o feijão verde  ficou escurinho como deve ser, bem diferente do feijão fradinho. O feijão verde, depois de seco é o feijão de corda. Acho que agora entendi. 

Bom, vamos ao que interessa, a receita do baião melhorado:

Ingredientes
-1 xícara de feijão verde cozido
-1 xícara de arroz
-1/2 pimentão amarelo em cubos 
-1 cebola grande cortada em meias luas bem fininhas
-2 dentes de alho amassados
-1 colher de sopa de azeite (pode ser dendê)
- raminhos de coentro a gosto
- sal e pimenta do reino a gosto
- aproximadamente 2 xícaras de água quente

Refogue a cebola com o azeite, o sal e a pimenta até que fique dourada. Junte os alhos amassados, o pimentão e o feijão pré cozido. Refogue mais um pouco. Coloque o arroz lavado, misture bem, acrescente a água, os raminhos de coentro e deixe que cozinhe e água do arroz seque. Sugiro deixar uma chaleira de água quente ao lado, caso seja necessário mais um pouco. 


Sugestão: sirva com pimenta biquinho, banana da terra grelhada, queijo coalho em cubos e couve mineira. Comida boa é uma comidinha simples com os ingredientes da estação. 

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

farofa de feijão verde, alho poró e cebola roxa com dendê

É tempo de feijão verde! E eu tive a sorte de encontrar ele assim, fresquinho, na vagem. Pelas ruas de Sampa há vários carrinhos com pessoas vendendo feijão assim, cacau, pequis, umbus e outras coisas que antes eu não via por aqui, a não ser que fosse até o mercado municipal. Este maço de feijão verde eu achei na Av Jabaquara, perto do metrô Saúde, pra quem conhece a região, basta dar uma voltinha que, numa das esquinas, encontrará rapidinho!




Dando uma pesquisada rápida na internet, achei várias informações sobre as propriedades dele, Além do ferro e proteínas que são comuns de outros feijões, ele é rico em vitamina K e antioxidantes. Além disso, há outras pesquisas que dizem que ele reduz o colesterol e traz vários outros benefícios pra saúde.

Para fazer esta receita, debulhei o feijão, cozinhei-o em água e sal e reservei.
Ele pode ser guardado assim, somente cozido, por alguns dias na geladeira. 
Farofa de feijão verde, alho poró e cebola roxa com dendê
Ingredientes:

- 1 xícara de chá rasa de feijão verde cozido
-1 xícara de chá rasa de farinha de mandioca (usei a torrada)
- 1/2 talo de alho poró em rodelinhas
- 1 cebola roxa pequena cortada em cubinhos
-1 colher de sopa de manteiga
-1 colher de sobremesa de azeite de dendê
- sal e pimenta do reino a gosto
- salsinha e cebolinha  para finalizar
Refogue a cebola roxa com o alho poró e o dendê, acrescente o feijão, a manteiga e, assim que a manteiga derreter, coloque a farinha de mandioca. Misture bem, tempere com sal a gosto, pimenta do reino moída na hora, salsinha e cebolinha picadinha.


Na minha farofa coloquei essa flor de capuchinha que é comestível e também tem várias propriedades. Essa planta é comum ser usada em saladas, tanto as folhas como as flores são comestíveis, ricas em vitamina C, são usadas para combater tosse e bronquite e infecções urinárias.
E essa é a capuchinha que temos no nosso quintal :)


 ❤