quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

espaguete à minha moda

Precisando fazer algo rápido? Essa receitinha não tem segredo, certeza que todo mundo faz algum espaguete parecido por aí. Na verdade, eu vim aqui mais pra mostrar a minha primeira faca de chef, que ganhei da Cá no último domingo. Nossa, ela corta até a alma! Reparem como a abobrinha ficou cortada em quadradinhos perfeitos. Agora entendo a diferença que faz uma bela faca. :) :) :)

Vamos à receitinha.

Ingredientes:
- meio pacote de espaguete (250 g)
- 1 lata de tomate pelado 
- 1 cabeça de alho (ou a gosto)
- 2 tomates maduros sem sementes cortados em cubinhos
- 1 abobrinha pequena cortada em cubinhos
- azeite a gosto
- sal, pimenta do reino, manjericão, orégano, noz moscada 

Refogue 4 dentes de alho espremidos com um fio de azeite. Acrescente a lata de tomates pelados (eu bati rapidamente no liquidificador). Adicione sal, pimenta do reino moída na hora, noz moscada, orégano  e manjericão (preferência frescos) e uma pitada de açúcar. Deixe ferver até apurar.

Refogue a abobrinha com um fio de azeite, um dente de alho picadinho bem pequenino, sal e pimenta até que fique cozida porém firme. Reserve.

Cozinhe o macarrão em água, sal e um fio de azeite. Escorra, passe água fria para que ele fique naquele ponto e não amoleça mais. 

Em uma frigideira grande, refogue os tomates com o restante dos alhos em lâminas bem fininhas e azeite a gosto. Junte o macarrão, as abobrinhas e sirva com o molho e o queijo ralado à parte.


Minha nova faca: 



Aliás, dia desses, li num blog que uma das coisas que acontecem na sua vida quando você se torna um cozinheiro é que você desenvolve uma obsessão por facas. Aliás, é um texto muito divertido que tem 50 coisas que não te avisaram sobre ser cozinheiro.

Eu acho que o texto original é esse AQUI. Mas como tem vários blogs que o publicaram, então, não sei para quem dar os devidos créditos.

E por falar em cozinheiros, tem um vídeo da Paola Carosella, chef que admiro muito, que tem um jeito de trabalhar respeitando a sazonalidade dos alimentos, o aproveitamento das coisas, sem desperdícios, enfim, nesse vídeo, ela dá uma receita de molho de tomate que eu acho ótima e fala dicas muito legais sobre o tempo certo de colocar as ervas e o azeite. Vale muito a pena assistir:

 

Quando eu crescer, quero ser que nem ela  

Nenhum comentário:

Postar um comentário